Pular para o conteúdo principal

Geoprocessamento no Delphi

No último artigo referente à geoprocessamento tivemos uma pincelada sobre alguns dos principais conceitos e aplicações possíveis, agora chegou o momento de colocar a mão na massa.
Neste primeiro artigo prático iremos mostrar alguns componentes gratuitos, descrevendo suas funcionalidade e apresentando exemplos, o primeiro a ser visto será o Shape Viewer Objects (SVO), então mãos a obra!

Shape Viewer Objects™ (SVO)
A empresa Ecological Software Solutions LLC disponibilizou vários de seus componentes, assim como seus respectivos códigos fonte, e podem ser utilizados para fins comerciais. Existem alguns exemplos que acompanham o pacote de instalação, mas a utilização desses componentes requer uma certa dedicação.
A instalação é simples:
  • Execute o programa, para extrair os arquivos;
  • Ao final de extração teremos três pastas, Demo, Help e Source;
  • Abra a pasta Source e execute o arquivo .DPK, a primeira mensagem será para permissão de conversão, confirme, depois compile e instale, pronto agora é só usar;

(a)- Paleta ESS com os objetos após a instalação


Principais componentes do SVO

TGISReadWrite
TGISReadWrite
É o motor geoespacial GIS. Com ele é possível ler e escrever:
  • Arquivos ESRI Shape
  • Arquivos MapInfo
  • DXF DXF
  • Arquivos ASCII
  • Qualquer banco de dados SQL via e TDataset objeto ou descendente.
  • Passthrough OnReadExcel, especificamente para apoiar Excel.
  • Passthrough OnReadShape para apoio de qualquer tipo de arquivo definido.
TSVOShapeObject (non-visual) TSVOShapeObject (não-visuais)
Objeto básico. TSVOPointShape, TSVOLineShape, TSVOPolygonShape (total apoio à formas aninhadas), e TSVOMultipointShape todos são descendentes de TSVOShapeObject. Todos os TSVOShapeObjects podem ser criados independente, ou incluídos a uma TSVOShapeList (ver abaixo). A classe TSVOShapeObject contém todas as funções necessárias de abertura propriamente ditas, incluindo cores e estilos, em qualquer TCanvas, além da nova propriedade TSVOShapeList.
Os dados para polilinhas e polypoints são armazenados em uma matriz dinâmica, essa matriz dinâmica tem inúmeras funções internas para permitir a alteração em profundidade da matriz, permitindo alterações de forma mais rápida. Assim, você pode facilmente criar e manipular formas no decorrer do processo em seus aplicativos, e não apenas carregá-los a partir de arquivos.
TSVOShapeList (non-visual) TSVOShapeList (não-visuais)
Objeto não visual e um descendente de TPersistent. Funciona como um recipiente para TShapeObjects. Tem inúmeras funções de gestão de uma coleção de TShapeObjects. Um único TShapeList funciona como um única "Layer" no TGISImage.
O ShapeList mantém a maior parte do poder de transformação, contém a maior parte dos métodos importantes usados para manipular o ShapeObjects sob o seu controle.


TSVOGISImage TSVOGISImage
Um TCustomControl descendente. Usado para exibir camadas de um TShapeList. Tem zoom instantaneo, é possível agarrar e avançar, identificar forma Suporte para Lat / Long baseado em metros (por exemplo, UTM). Projeção interna de conversão. Algoritmos Datum de conversão.


TSVODataGrid TSVODataGrid
TDrawGrid descendente. Usado para exibir dados de um TShapeList. Você também pode ligar os dados usando um ponteiro para um TDataset, e exibir os dados em um TTable, mas TSVODataGrid tem suporte aperfeiçoado para multiselect, copiar, colar, adicionar colunas e linhas. Isso permite que as suas aplicações e seus usuários a interajam com os dados GIS. Também pode ser utilizado como uma planilha autônoma bem como, através da definição de que é "ownsdata" com a propriedade "true".

TDataFileList
TDataFileList
TSVOShapeLists permite a manipulação e armazenamento de Shapes.


T
SVOLegend TSVOLegend
Você pode exibir seus dados usando o Windows ® TListView, mas para um controle otimizado você pode usar o SVO TSVOLegend.
Abaixo podemos ver uma das aplicações de demonstração que acompanha esse pacote (GisApp.dpr), nós carregamos um mapa que acompanha o exemplo depois mostramos as informações em um formulário a parte.
(b)- Aplicação de Demosntração GisApp

No próximo artigo veremos outro componente open source para o Delphi, o MapWindow, até a próxima...
OBS.: Este artigo se utilizou de uma adaptação do conteúdo do site da empresa proprietária do componente, qualquer retificação do conteúdo será bem vinda.

Comentários

  1. Opa, quando colocar o artigo sobre mapwin coloque exemplos, pois no site dele só tem em vb, abraços.

    ResponderExcluir
  2. Hã??????

    Desculpe, meu amigo. Não cheguei ainda no estágio de compreender essas coisas, mas acho que daqui a umas 3 encarnações, já estarei apto.
    Muito obrigado pelas visitas e vou continuar passando por aqui, sim, pois quem sabe acabo aprendendo.
    Um abraço e um ótimo feriadão!

    ResponderExcluir
  3. muito bom esses componentes heim, depois vou dar uma olhaa melhor neles!!!

    marcelofrasson@gmail.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por Participar do programero, fique a vontade para agradecer, retificar, perguntar ou sugerir.

Postagens mais visitadas deste blog

Iniciar e Parar Serviços do Windows (Delphi)

Em certas ocasiões nos deparamos com a necessidade de manipular determinadas atividades do SO, como iniciar ou parar um banco de dados, ou qualquer outro serviço que esteja funcionando no momento. Segue abaixo um código que encontrei na Internet para tal finalidade (não me recordo à fonte, assim que eu a encontrar colocarei).
Iniciar Serviço:

uses WinSvc;
//
// start service
//
// return TRUE if successful
//
// sMachine:
//   machine name, ie: \SERVER
//   empty = local machine
//
// sService
//   service name, ie: Alerter
//
function ServiceStart(
  sMachine,
  sService : string ) : boolean;
var
//
  // service control
  // manager handle
  schm,
//
  // service handle
  schs   : SC_Handle;
//
  // service status
  ss     : TServiceStatus;
//
  // temp char pointer
  psTemp : PChar;
//
  // check point
  dwChkP : DWord;
begin
  ss.dwCurrentState := -1;
// connect to the service
  // contr…

Alterar cores do PageControl (Delphi)

O padrão Windows todo cinza não é muito atraente, por isso quando nos utilizarmos do PageControl podemos alterar suas cores e fontes da seguinte maneira:
Em primeiro lugar devemos alterar a propriedade OwnerDraw para TRUE;
Depois implementar seu método DrawTab da seguinte maneira: //pinta a fonte
Control.Canvas.Font.Color:=clBlack;
//
// pinta a paleta / aba
Control.Canvas.brush.Color:=clSkyBlue;

PageControl1.Canvas.Rectangle(Rect);
Control.Canvas.TextOut(Rect.left+5,Rect.top+3,PageControl1.Pages[tabindex].Caption);
// pinta a parte interna (tabsheet)
PageControl1.Pages[TabIndex].brush.Color := Control.Canvas.brush.Color;
PageControl1.Pages[TabIndex].Repaint;

Caso a intenção seja manter cada aba com seu próprio estilo basta adicionar um CASE filtrando o índice das abas: case TabIndex of
  0: Control.Canvas.Font.Color:=clBlack;
  1: Control.Canvas.Font.Color:=clWindow;
  2: Control.Canvas.Font.Color:=clRed;
en…

Listar arquivos existentes em diretório (Delphi)

Mostraremos uma maneira simples e prática para listar o conteúdo de um diretório com a opção de incluir nessa listagem os arquivos de seus subdiretórios. No exemplo abaixo temos um Edit para receber o diretório a ser pesquisado um CheckBox para indicar se os subdiretórios entrarão na pesquisa um botão para efetuar a pesquisa e um Memo para listar os arquivos encontrados, no final um Edit que receberá o cálculo final (em bytes) da soma do tamanho dos arquivos. procedure TForm1.Button1Click(Sender: TObject);
begin
  tamanhoTotal := 0;
  memLista.Lines.Clear;
  ListarArquivos(edtDiretorio.Text, chkSub.Checked);
  Edit1.Text := IntToStr( tamanhoTotal );
end;
procedure TForm1.ListarArquivos(Diretorio: string; Sub:Boolean);
var
  F: TSearchRec;
  Ret: Integer;
  TempNome: string;
begin
  Ret := FindFirst(Diretorio+'\*.*', faAnyFile, F);
try
while Ret = 0 do
begin
if TemAtributo(F.Attr, faDirectory) then
begin
if (F.Name <> '.') And (F.Name &l…