Pular para o conteúdo principal

O que devemos conhecer sobre SQL/Oracle Parte 1: Introdução ao SQL




 

Série de postagens sobre SQL


A algum tempo atrás, não me lembro se 2009 ou 2010, comecei a escrever uma serie de artigos contendo pontos importantes sobre banco de dados, mais precisamente Oracle. Porem um descuido e uma formatação apressada fez com que eu perdesse esses artigos.
Porem recentemente, buscando uma declaração de imposto de renda, reencontrei esses artigos, a maior parte ainda esta sem formatação e outra por terminar, mas o fato de ter encontrado me deu vontade de finalizar e publicar tudo, ao todo imaginei cerca dezoito postagens abordando os mais variados tópicos. 
Começaremos hoje com um pouco de historia e um rápido resumo, espero que gostem desse e dos próximos.

Banco de dados relacionais e Dr. E. F. Codd


Antes do advento dos bancos de dados relacionais, cada desenvolvedor formulava seus próprios meios de armazenar, alterar e recuperar dados, dessa forma cada aplicação tratava a informação de um modo único, tornando a integração entre aplicações algo extremamente trabalhoso, além é claro do tempo de desenvolvimento se tornar maior.
Na década de 70 Dr. E. F. Codd desenvolveu um projeto que propunha o modelo atual de bancos de dados relacionais, onde os programadores poderiam por meio de uma linguagem padrão, comum e unificada, construir seus próprios bancos de dados.

Normalização de uma base de dados


Normalização nada mais é do que métodos que se propõe a diminuir problemas durante o uso da base de dados, como por exemplo, a construção de um modelo que não permita dados duplicados.
É importante salientar que as regras de normalização não são necessariamente objetos e sim conceitos que devem ser levados em consideração no momento da modelagem do banco, lembrando que toda base de dados que se preze deve seguir ao menos as três primeiras:

  • Primeira forma normal (1NF): Sem repetição de grupos de dados, tabelas bidimensionais;
  • Segunda forma normal (2NF): 1NF mais o fato de que cada elemento possui um identificador único (chave primária);
  • Terceira forma normal (3NF): 2NF mais o fato de que as tabelas devem possuir apenas informações referentes ao que se propõe a chave primária (informações extras devem ficar em outras tabelas);
  • Boyce-Codd (BCNF): Modificação da 3NF que elimina estruturas que possam gerar inconsistências logicas nos dados;
  • Quarta forma normal (4NF): BCNF mais logica que assegura que toda dependência multivalorada é dependente de uma superkey;
  • Quinta forma normal (5NF): 4NF mais o fato que toda junção dependente para a tabela é resultado de chaves candidatas;

Definindo e entendo o básico do SQL


A linguagem SQL é uma das mais utilizadas na atualidade, devido ao seu padrão para as bases de dados relacionais que dominam o mercado. Ela também é uma das mais poderosas, e em alguns casos também perigosa, pois permite a escrita de comandos sintaticamente corretos e logicamente errados. 
SQL significa linguagem estruturada de consulta e sobre ela podemos:
  • Criar bases de dados e objetos;
  • Armazenar dados nessa base;
  • Alterar e analisar os dados;

A base dos comandos do SQL são as palavras reservadas:
  • Select: recupera dados;
  • Insert: insere dados nas tabelas;
  • Update: atualiza dados nas tabelas;
  • Delete: remove dados das tabelas;
  • Create: cria um objeto do banco, como uma tabela, por exemplo;
  • Alter: altera um objeto do banco, como uma coluna de tabela;
  • Drop: remove um objeto do banco;

A seguir ...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Iniciar e Parar Serviços do Windows (Delphi)

Em certas ocasiões nos deparamos com a necessidade de manipular determinadas atividades do SO, como iniciar ou parar um banco de dados, ou qualquer outro serviço que esteja funcionando no momento. Segue abaixo um código que encontrei na Internet para tal finalidade (não me recordo à fonte, assim que eu a encontrar colocarei).
Iniciar Serviço:

uses WinSvc;
//
// start service
//
// return TRUE if successful
//
// sMachine:
//   machine name, ie: \SERVER
//   empty = local machine
//
// sService
//   service name, ie: Alerter
//
function ServiceStart(
  sMachine,
  sService : string ) : boolean;
var
//
  // service control
  // manager handle
  schm,
//
  // service handle
  schs   : SC_Handle;
//
  // service status
  ss     : TServiceStatus;
//
  // temp char pointer
  psTemp : PChar;
//
  // check point
  dwChkP : DWord;
begin
  ss.dwCurrentState := -1;
// connect to the service
  // contr…

Alterar cores do PageControl (Delphi)

O padrão Windows todo cinza não é muito atraente, por isso quando nos utilizarmos do PageControl podemos alterar suas cores e fontes da seguinte maneira:
Em primeiro lugar devemos alterar a propriedade OwnerDraw para TRUE;
Depois implementar seu método DrawTab da seguinte maneira: //pinta a fonte
Control.Canvas.Font.Color:=clBlack;
//
// pinta a paleta / aba
Control.Canvas.brush.Color:=clSkyBlue;

PageControl1.Canvas.Rectangle(Rect);
Control.Canvas.TextOut(Rect.left+5,Rect.top+3,PageControl1.Pages[tabindex].Caption);
// pinta a parte interna (tabsheet)
PageControl1.Pages[TabIndex].brush.Color := Control.Canvas.brush.Color;
PageControl1.Pages[TabIndex].Repaint;

Caso a intenção seja manter cada aba com seu próprio estilo basta adicionar um CASE filtrando o índice das abas: case TabIndex of
  0: Control.Canvas.Font.Color:=clBlack;
  1: Control.Canvas.Font.Color:=clWindow;
  2: Control.Canvas.Font.Color:=clRed;
en…

Listar arquivos existentes em diretório (Delphi)

Mostraremos uma maneira simples e prática para listar o conteúdo de um diretório com a opção de incluir nessa listagem os arquivos de seus subdiretórios. No exemplo abaixo temos um Edit para receber o diretório a ser pesquisado um CheckBox para indicar se os subdiretórios entrarão na pesquisa um botão para efetuar a pesquisa e um Memo para listar os arquivos encontrados, no final um Edit que receberá o cálculo final (em bytes) da soma do tamanho dos arquivos. procedure TForm1.Button1Click(Sender: TObject);
begin
  tamanhoTotal := 0;
  memLista.Lines.Clear;
  ListarArquivos(edtDiretorio.Text, chkSub.Checked);
  Edit1.Text := IntToStr( tamanhoTotal );
end;
procedure TForm1.ListarArquivos(Diretorio: string; Sub:Boolean);
var
  F: TSearchRec;
  Ret: Integer;
  TempNome: string;
begin
  Ret := FindFirst(Diretorio+'\*.*', faAnyFile, F);
try
while Ret = 0 do
begin
if TemAtributo(F.Attr, faDirectory) then
begin
if (F.Name <> '.') And (F.Name &l…