Pular para o conteúdo principal

O que devemos conhecer sobre SQL/Oracle Parte 3: Manipulando dados

Descrevendo cada comando de manipulação e dados (DML)

Comandos DML (Data manipulation language) são utilizados para inserir, atualizar e remover registros do banco. São cinco os principais comandos DML: INSERT, UPDATE, DELETE, SELECT e MERGE:

  • INSERT adiciona registros na tabela;
  • UPDATE altera registros existentes na tabela;
  • DELETE remove registros existentes na tabela;
  • SELECT mostra dados da tabela;
  • MERGE será visto em breve;


Inserindo registros na tabela

O comando para inserir registros é o INSERT, veja a sinaxe:

INSERT INTO nome_da_tabela(coluna_1, coluna_2) VALUES(valor_1, valor_2);

No comando acima duas colunas e dois valores são listados, essa relação sempre deve ser igual, não importa a ordem em que são listadas. É possível omitir colunas durante o INSERT, desde que as restrições da tabela sejam respeitadas. Também é possível inserir sem informar nenhuma coluna, desse modo é obrigatório informar valores para todas as colunas da tabela, na ordem em que elas estiverem na própria tabela. O recomendável é sempre informar todas as colunas.

Resumindo:
  • O comando INSERT insere um ou mais registros no banco;
  • A sintaxe do INSERT consiste nas palavras reservadas INSERT INTO, o nome da tabela, uma lista de colunas (opcional), a palavra reservada VALUES e a lista de valores a serem inseridos;
  • Se o comando INSERT for escrito sem a lista de colunas então a lista de valores a serem inseridos deve possuir um valor para cada coluna da tabela e devem estar na mesma ordem;
  • A lista de valores do INSERT pode conter expressões;
  • Se qualquer valor violar uma restrição da tabela então a execução gera um erro e nada é inserido;

Atualizando registros da tabela

O comando para atualizar registros é o UPDATE, veja a sintaxe:

UPDATE nome_da_tabela SET coluna_1 = valor_1, coluna_2 = valor_2 WHERE coluna_3 = valor_3;

No exemplo acima duas colunas são atualizadas, mas apenas para os registros que estiverem de acordo com a condição WHERE. A condição WHERE não é obrigatória, mas quando não informada todos os registros da tabela são atualizados. Os novos valores devem respeitar as restrições da tabela.

Resumindo:
  • O comando UPDATE atualiza um ou mais registros;
  • A sintaxe do comando UPDATE começa com a palavra reservada UPDATE e o nome da tabela, a palavra reservada SET, uma série de expressões que atribuem valores, onde do lado esquerdo temos as colunas seguidas de um sinal de igual “=” e do lado direito o valor e finalmente a clausula WHERE;
  • Se mais de um valor for alterado basta separa-los por vírgula;
  • Se a clausula WHERE for omitida todos os registros são atualizados;

Removendo registros da tabela

O comando para remover registros é o DELETE, veja a sintaxe:

DELETE FROM nome_da_tabela WHERE coluna_1 = valor_1;

No comando descrito, todos os registros que se enquadrarem na condição WHERE serão apagados. A cláusula FROM não é obrigatória, se omitida nada muda. A cláusula WHERE não é obrigatória, mas se suprimida todos os registros da tabela serão removidos.

Resumindo:
  • O comando DELETE é usado para remover registros;
  • A sintaxe inicia com a palavra reservada DELETE e a opcional FROM, o nome da tabela e a cláusula WHERE;
  • Se a clausula WHERE for omitida todos os registros são removidos;

Controle de transação

O controle de transação (TCL) é responsável por persistir ou desfazer as alterações realizadas pelos comandos DML. Também é possível “marcar posições” entre comandos, para que apenas parte desses comandos seja persistido ou descartado:

  • Comandos TCL incluem COMMIT, ROLLBACK e SAVEPOINT;
  • Existem dois tipos de eventos de COMMIT: explicito e implícito;
  • O explicito ocorre com o comando COMMIT;
  • O implícito ocorre imediatamente após certos eventos como a execução de um comando DDL válido (CREATE, ALTER, DROP, GRANT e REVOKE);
  • Se um comando DDL falha durante sua execução o COMMIT implícito ocorre, o mesmo não vale para erros de sintaxe;
  • O comando ROLLBAK é usado para desfazer alterações do banco;
  • O comando SAVEPOINT é usado para nomear um ponto entre uma série de comandos SQL, de modo que um ROLLBACK possa ocorrer diretamente para esse ponto;
  • Após um COMMIT, todas as marcações de SAVEPOINT são apagadas;
  • Todo ROLLBACK que aponta para um SAVEPOINT inexistente não ocorre;
  • Um ROLLBACK que não aponte para um SAVEPOINT desfaz todas as alterações da seção a partir do ultimo COMMIT;


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Iniciar e Parar Serviços do Windows (Delphi)

Em certas ocasiões nos deparamos com a necessidade de manipular determinadas atividades do SO, como iniciar ou parar um banco de dados, ou qualquer outro serviço que esteja funcionando no momento. Segue abaixo um código que encontrei na Internet para tal finalidade (não me recordo à fonte, assim que eu a encontrar colocarei).
Iniciar Serviço:

uses WinSvc;
//
// start service
//
// return TRUE if successful
//
// sMachine:
//   machine name, ie: \SERVER
//   empty = local machine
//
// sService
//   service name, ie: Alerter
//
function ServiceStart(
  sMachine,
  sService : string ) : boolean;
var
//
  // service control
  // manager handle
  schm,
//
  // service handle
  schs   : SC_Handle;
//
  // service status
  ss     : TServiceStatus;
//
  // temp char pointer
  psTemp : PChar;
//
  // check point
  dwChkP : DWord;
begin
  ss.dwCurrentState := -1;
// connect to the service
  // contr…

Alterar cores do PageControl (Delphi)

O padrão Windows todo cinza não é muito atraente, por isso quando nos utilizarmos do PageControl podemos alterar suas cores e fontes da seguinte maneira:
Em primeiro lugar devemos alterar a propriedade OwnerDraw para TRUE;
Depois implementar seu método DrawTab da seguinte maneira: //pinta a fonte
Control.Canvas.Font.Color:=clBlack;
//
// pinta a paleta / aba
Control.Canvas.brush.Color:=clSkyBlue;

PageControl1.Canvas.Rectangle(Rect);
Control.Canvas.TextOut(Rect.left+5,Rect.top+3,PageControl1.Pages[tabindex].Caption);
// pinta a parte interna (tabsheet)
PageControl1.Pages[TabIndex].brush.Color := Control.Canvas.brush.Color;
PageControl1.Pages[TabIndex].Repaint;

Caso a intenção seja manter cada aba com seu próprio estilo basta adicionar um CASE filtrando o índice das abas: case TabIndex of
  0: Control.Canvas.Font.Color:=clBlack;
  1: Control.Canvas.Font.Color:=clWindow;
  2: Control.Canvas.Font.Color:=clRed;
en…

Listar arquivos existentes em diretório (Delphi)

Mostraremos uma maneira simples e prática para listar o conteúdo de um diretório com a opção de incluir nessa listagem os arquivos de seus subdiretórios. No exemplo abaixo temos um Edit para receber o diretório a ser pesquisado um CheckBox para indicar se os subdiretórios entrarão na pesquisa um botão para efetuar a pesquisa e um Memo para listar os arquivos encontrados, no final um Edit que receberá o cálculo final (em bytes) da soma do tamanho dos arquivos. procedure TForm1.Button1Click(Sender: TObject);
begin
  tamanhoTotal := 0;
  memLista.Lines.Clear;
  ListarArquivos(edtDiretorio.Text, chkSub.Checked);
  Edit1.Text := IntToStr( tamanhoTotal );
end;
procedure TForm1.ListarArquivos(Diretorio: string; Sub:Boolean);
var
  F: TSearchRec;
  Ret: Integer;
  TempNome: string;
begin
  Ret := FindFirst(Diretorio+'\*.*', faAnyFile, F);
try
while Ret = 0 do
begin
if TemAtributo(F.Attr, faDirectory) then
begin
if (F.Name <> '.') And (F.Name &l…