Pular para o conteúdo principal

Desenvolvimento de aplicações para dispositivos móveis II (Java)

Dando continuidade ao post anterior, iremos criar nossa primeira aplicação, nosso Olá mundo, nada muito elaborado, apenas um passo a passo inicial, mostrando um pouco sobre a ferramenta e suas possibilidades.


Iniciando...

Com o NetBeans aberto vá em Arquivo->Novo Projeto, você verá a seguinte tela:


Após escolher a categoria Moblity, defina o projeto como Aplicativo MIDP, clicando em próximo teremos:


Defina o nome do projeto e os diretórios, não esqueça de desmarcar a caixa Criar MIDlet Olá, na tela seguinte teremos:


No artigo anterior foi definido que nas matérias seguintes usaríamos o SDK Series 40 da nokia, sendo assim defina a plataforma do emulador (aparelho virtual para testar nossas aplicações), o dispositivo, as configurações (CLDC-1.1) e o perfil (MIDP-2.0). Em seguida precisamos apenas avançar e finalizar a criação do projeto.

Nosso projeto está pronto e aguardando o desenvolvimento de nossa primeira aplicação então vamos iniciar criando um novo arquivo (Arquivo->Novo Arquivo), teremos a seguinte tela:


Definimos agora a categoria escolhendo MIDP e o tipo de arquivo um MIDlet Visual, em seguida teremos:


Definimos os nomes e o ícone do nosso novo arquivo e finalizamos, estamos agora a um passo da nova aplicação.


Jogo rápido antes do Olá Mundo

Código-fonte
È aqui que nossa inspiração reside, todo o código inclusive o gerado automaticamente esta aqui.



Tela
Representação gráfica de nossa aplicação, arraste os componentes da Paleta e altere suas propriedades de maneira rápida e intuitiva.



Fluxo
Nesta parte podemos definir o fluxo de nossa aplicação, ou seja, qual formulário irá chamar qual, tudo visualmente também.



Analisador
Aqui poderemos verificar recursos não utilizados e a conformidade com MIDP-1.0, muito bom para os esquecidos.



Primeiro programa

Em primeiro lugar vamos até a área de Fluxo, depois acessar a Paleta e arrastar dois formulários para a tela, feito isso vamos colocar dois itemCommand em cada formulário, mais uma vez arrastar e soltar. Agora devemos clicar no itemCommand Iniciando do formulário que já estava na tela, Dispositivo móvel, e arrastar até nosso form. Do nosso form deveremos arrastar o itemCommand1 de volta para o formulário Dispositivo móvel e o itemCommand para o form1. Por fim, arraste o itemCommand3 do form1 de volta para o form. O que fizemos foi definir o fluxo de nossa aplicação, que iniciará no form, caso o itemCommand seja pressionado o form1 é iniciado, no form1 se pressionarmos itemCommand3 voltamos para o form e finalmente quando pressionamos itemCommand1 no form encerramos a aplicação. O fluxo deve estar como na figura seguinte:



Altere os nomes dos itemCommand de acordo com o desejado, é só selecionar, ir em propriedades e alterar o rótulo.
Vamos agora acessar Tela para visualizarmos nossos formulários, coloquemos um ItemString no form1, em propriedades alteramos o Rótulo para Primeiro Programa e o Texto para Olá Mundo!. Nossa tela deverá ficar assim:


Agora um pouco de códido, em Código-fonte devemos procurar por Generate Method: commandAction for Displayables indo até:

if (command == itemCommand2){

e digitar olaMundo();.


Código do nosso olaMundo:
public void olaMundo(){
StringItem item;
item = new StringItem("Primeira Aplicação II", "Olá mundo, novamente!!");
form1.append(item);
}

Após copiar esse trecho de códido é só "compilar", clicando na setinha verde, ou pressionando F6, nosso emulador irá se abrir, agora é só testar a aplicação. Quer rodar no seu celular? Simples, se não houve alteração na instalação do NetBeans siga esse caminho:

C:\Documents and Settings\usuario\Meus documentos\NetBeansProjects\Exemplo_1\dist

aqui se encontra um arquivo com a extensão .jar, é só colocar em alguma pasta do celular e executar.

Nos próximos artigos darei alguns exemplos de escrita e leitura em arquivos, locais e na web.

Comentários

  1. Eduardo, meu amigo.
    Obrigado pela sua gentileza extrema.
    É um prazer ver meu blog associado a um de tantas informações valiosas como o seu.
    Parabéns e continue fazendo o belo trabalho que vem realizando.
    Grande abraço!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado por Participar do programero, fique a vontade para agradecer, retificar, perguntar ou sugerir.

Postagens mais visitadas deste blog

Iniciar e Parar Serviços do Windows (Delphi)

Em certas ocasiões nos deparamos com a necessidade de manipular determinadas atividades do SO, como iniciar ou parar um banco de dados, ou qualquer outro serviço que esteja funcionando no momento. Segue abaixo um código que encontrei na Internet para tal finalidade (não me recordo à fonte, assim que eu a encontrar colocarei).
Iniciar Serviço:

uses WinSvc;
//
// start service
//
// return TRUE if successful
//
// sMachine:
//   machine name, ie: \SERVER
//   empty = local machine
//
// sService
//   service name, ie: Alerter
//
function ServiceStart(
  sMachine,
  sService : string ) : boolean;
var
//
  // service control
  // manager handle
  schm,
//
  // service handle
  schs   : SC_Handle;
//
  // service status
  ss     : TServiceStatus;
//
  // temp char pointer
  psTemp : PChar;
//
  // check point
  dwChkP : DWord;
begin
  ss.dwCurrentState := -1;
// connect to the service
  // contr…

Alterar cores do PageControl (Delphi)

O padrão Windows todo cinza não é muito atraente, por isso quando nos utilizarmos do PageControl podemos alterar suas cores e fontes da seguinte maneira:
Em primeiro lugar devemos alterar a propriedade OwnerDraw para TRUE;
Depois implementar seu método DrawTab da seguinte maneira: //pinta a fonte
Control.Canvas.Font.Color:=clBlack;
//
// pinta a paleta / aba
Control.Canvas.brush.Color:=clSkyBlue;

PageControl1.Canvas.Rectangle(Rect);
Control.Canvas.TextOut(Rect.left+5,Rect.top+3,PageControl1.Pages[tabindex].Caption);
// pinta a parte interna (tabsheet)
PageControl1.Pages[TabIndex].brush.Color := Control.Canvas.brush.Color;
PageControl1.Pages[TabIndex].Repaint;

Caso a intenção seja manter cada aba com seu próprio estilo basta adicionar um CASE filtrando o índice das abas: case TabIndex of
  0: Control.Canvas.Font.Color:=clBlack;
  1: Control.Canvas.Font.Color:=clWindow;
  2: Control.Canvas.Font.Color:=clRed;
en…

Listar arquivos existentes em diretório (Delphi)

Mostraremos uma maneira simples e prática para listar o conteúdo de um diretório com a opção de incluir nessa listagem os arquivos de seus subdiretórios. No exemplo abaixo temos um Edit para receber o diretório a ser pesquisado um CheckBox para indicar se os subdiretórios entrarão na pesquisa um botão para efetuar a pesquisa e um Memo para listar os arquivos encontrados, no final um Edit que receberá o cálculo final (em bytes) da soma do tamanho dos arquivos. procedure TForm1.Button1Click(Sender: TObject);
begin
  tamanhoTotal := 0;
  memLista.Lines.Clear;
  ListarArquivos(edtDiretorio.Text, chkSub.Checked);
  Edit1.Text := IntToStr( tamanhoTotal );
end;
procedure TForm1.ListarArquivos(Diretorio: string; Sub:Boolean);
var
  F: TSearchRec;
  Ret: Integer;
  TempNome: string;
begin
  Ret := FindFirst(Diretorio+'\*.*', faAnyFile, F);
try
while Ret = 0 do
begin
if TemAtributo(F.Attr, faDirectory) then
begin
if (F.Name <> '.') And (F.Name &l…